5 de janeiro de 2011

Corte a corda!!!

Talvez você conheça a história do alpinista que sempre buscava superar mais e mais seus limites. Ele resolveu, depois de muitos anos de preocupação, escalar o monte Aconcagua. Mas, como queria a glória somente para si, resolveu escalá-lo sozinho, sem nenhum companheiro.
Então ele subiu. Começou a entardecer e ele não havia se preparado para acampar. Mesmo assim, resolveu seguir a escalada, decidido a atingir o topo. Quando escureceu, a noite caiu como um breu nas alturas da montanha, impossibilitando-o de enxergar um palmo à frente.
Subindo por uma "parede" a apenas 100 metros do topo, ele escorregou e caiu... Caía a uma velocidade vertiginosa. Só conseguia ver imagens manchadas passando cada vez mais rápidas na escuridão. Tinha a terrível sensação de estar sendo sugado pela força da gravidade.
Naquele momento, passaram por sua mente todos os momentos felizes e tristes que já havia vivido... De repente, ele sentiu um puxão forte que quase o partiu pela metade... Como todo alpinista experimentado, havia cravado estacas de segurança com grampos a uma corda comprida, fixada em sua cintura. Suspenso pelos ares, na mais completa escuridão, não havia nada a fazer a não ser gritar: "Meu Deus, me ajude!" E uma voz grave e profunda vinda dos céus respondeu: "O que você quer de mim, meu filho?"
"Salva-me, meu Deus, por favor!"
"Corte a corda!" - foi só o que ele ouviu.
Houve um momento de silêncio. O homem se agarrou mais ainda à corda e pensou: "Deus está brincando comigo... Se eu fizer isso, vou morrer..."
Conta o pessoal do resgate que, ao realizar as buscas, encontraram o alpinista congelado, morto, com as duas mãos fortemente agarradas à corda de segurança... a dois palmos do chão.
Teria sido só acreditar e cortar a corda.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget